12/05/2010

Ferir o orgulho/ Amanda Teles

Eu vou ferir mais uma vez o meu orgulho e rezar pra que você faça o mesmo, porque eu tou me lixando pro meu ego.
Orgulho nenhum dá beijo na boca, faz amor ou te cobre no frio.
Eu não quero mais essa sensatez que me obriga a te cumprimentar com um bom dia quando eu tou morrendo de vontade de sentir a tua barba mal feita roçando no meu rosto em cima de uma cama qualquer.
Eu não quero procurar novas opções, quando eu fechei a porta pra você eu abri todas as janelas, mas nenhum sol brilhou tanto quanto o seu olhar pousando no meu corpo e eu entendi que não importa quantas opções eu tenha ou quantas janelas eu abra, por nenhuma delas vai aparecer o teu cheiro, a tua voz, o teu toque.

2 comentários:

Thais disse...

adoreii faço sempre! fecho a porta abro as janelas.

Karlenne disse...

que lindo texto... é verdade orgulho nenhum vai preencher o lugar ou o vazio ou msmo a falta de outra pessoa, principalmente se for a pessoa qual amamos. Adorei.