12/08/2008

História do fim de nós - Laisa Rosinski

E foi assim
Nossas palavras foram matando o sentimento
Entre ofensas ambos se diminuimos
Entre lagrimas e dores,
rompemos
e tudo o que havia de maior entre nós
se defez.
O que não tinha importancia pra você
era fundamental pra mim.
Tua voz então saiu um tanto alta
cravando no peito uma ferida.
Agora, resta em mim a criança
que dizesseste entre tantas palavras.
Num choro de menina que ralou o joelho,
lateja um coração que ama.
Busca tua felicidade
perca-te de amores maduros.
Eu como pequena desejo-te
o que há de melhor no mundo
Porque parto sózinha sem rumo
Mas com a lembrança de que
até ontem a felicidade era nós.

Um comentário:

É só o destino disse...

Lindo esse texto... mas espero que não seja real a dor que senti nas tuas palavras...