20/10/2008

Viver não dói/ Carlos Drummond de Andrade

"A cada dia que vivo,
mais me convenço de que
o desperdício da vida
está no amor que não damos,
nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada arrisca,
e que, esquivando-nos do sofrimento,
perdemos também a felicidade.
A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional."

3 comentários:

Tiago disse...

Concordo plenamente.. a vida muda só na forma com q agimos e pensamos!! Brigaduu por colocar link no seu blog... bjao,e bom resto d semana

Ester disse...

Tiago...Obrigada a você...depois de escolher um caminho onde a felicidade poderia vir ou não. Ela...enfim...não veio, pelo contrário foi decididamene negada pelos motivos mais óbvios, e eu inocentemente não vi claramente durante os acontecimentos, como sempre somente depois que verbalizei a tristeza o abandono e os maus tratos. Mudar a vida significa pensar no que nós definitivamente não queremos. Pessoas com conteúdo conseguem visualizar além da embalagem, porque se existe carater, beleza e inteligência nos basta para que façamos boas escolhas. Beijão. Obrigada novamente. Ester.

Ester disse...
Este comentário foi removido pelo autor.